Novo piso salarial educação Minas Gerais 2012

O Governo do Estado de Minas Gerais, após diversas negociações com os profissionais de educação, aprovou o Projeto de Lei Nº 2355/2011, que consolida a aplicação do piso nacional da educação e assegura ganhos reais para os profissionais da educação, de acordo com o tempo de serviço e o nível de escolaridade de cada servidor.

A nova Lei cria um modelo unificado de remuneração, contendo diversas melhorias e avanços efetivos para os profissionais da área de educação que representam aproximadamente 400 mil cargos. O modelo assegura aos professores ganhos acima do piso nacional estabelecido pelo Ministério da Educação, uma vez que todo professor com escolaridade de nível médio recebera no mínimo R$ 1.122,00 para uma jornada de 24 horas semanais, 57% a mais do que o piso estabelecido pelo MEC, que é de R$ 1.187,00 para jornada de 40 horas. Já os professores com licenciatura plena ganharão pelo menos R$ 1.320,00, ou 85% proporcionalmente a mais do que o piso nacional.

Salário educação MG 2012

Além disso, aposentados e designados também receberão benefícios, sendo que será adotando as mesmas regras válidas para os professores efetivos e efetivados em atividade na rede estadual. Outro avanço previsto é que a partir de 2012 será implantado o sistema de 1/3 (um terço) da jornada semanal dos professores para atividades extraclasses.

A nova diretriz assegura ainda que todos os benefícios conquistados pelos profissionais ao longo da carreira, como quinquênios e biênios, serão recalculados com base nos novos vencimentos básicos da tabela de transição. Outro ponto importante refere-se ao tempo de serviço. Os professores terão um reajuste de 2,5% a cada dois anos. Já por escolaridade, o aumento será de 10% a cada título conquistado, calculado a cada cinco anos. Além disso, ao se aposentar o professor receberá remuneração integral que recebia na ativa.

Site Educação MG SEE – www.educacao.mg.gov.br

Com a implantação do modelo unificado, 65% dos professores receberão reajuste superior a 50%, com relação aos valores recebidos em dezembro de 2010. Esses reajustes serão feito de forma escalonada até 2015, sendo que a primeira parcela será paga em janeiro de 2012. Além disso, haverá reajustes anuais aos profissionais da Educação, de acordo com a política remuneratória do Governo do Estado. O primeiro, de 5%, já está assegurado para abril de 2012.

Para mais informações, leia a notícia diretamente no site da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais: Assembléia aprova projeto do governo que unifica remuneração dos profissionais da educação.

Que Tal Receber Nossas Novidades?

Insira o seu e-mail válido e clique em “Eu Quero Receber”. Depois vá até o seu e-mail para CONFIRMAR O CADASTRO!

privacy Sou contra o envio de Spam!

Comentários

  1. Cristiane diz

    Como eu gostaria que o salário dos professores municipais também pudesse acompanhar esse novo projeto de lei.O governo deveria pensar em meios de favorecer as prefeituras para que o nosso trabalho tanbém iniciasse esse caminho de reconhecimento,afinal somos todos PROFESSORES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>