Como funciona o novo sistema de cota para as universidades

A partir da nova regra de cotas para as universidades e institutos federais, os estudantes oriundos da rede pública de ensino, negros, pardos e índios terão cinquenta por centos das vagas dos cursos oferecidos por cada instituição de ensino. Sendo que cada universidade deve se adequar às novas regras estabelecidas. Pensando em auxiliar nossos jovens que desejam utilizar o sistema de cotas, elaboramos esta matéria titulada: “Como funciona o novo sistema de cota para as universidades”.

Além dos critérios, acima citados, a nova lei que reserva 50% das vagas em instituições de ensino federal, leva em consideração ainda a renda família do estudante. Atualmente, cada instituição tem as suas regras de seleção, algumas reservam uma percentagem fixa (40%, 45 %…) para os contistas, outras já levam em consideração a renda família, o número de anos estudados na rede pública de ensino.

Conheça o novo modelo de educação para o ensino médio.

Como funciona o novo sistema de cota para as universidades

cotas raciais para universidades1 300x215 Como funciona o novo sistema de cota para as universidades

Sistema de Cotas

Com as novas regras do sistema de cota para as universidades, deve-se adaptar às cotas raciais, que nem todas as instituições utilizavam para estabelecer suas regras, e, ainda, destinar vagas aos alunos que estudaram na rede pública de ensino, sendo que no mínimo metade da reserva/cota, 25%, seja direcionada aos estudantes da rede pública e com renda família igual ou inferior a um salário e meio por pessoa.

O que você achou do novo sistema de cotas para as universidades públicas? Para alguns o novo sistema tem como objetivo democratizar o acesso às universidades públicas, já que tem como proposta compensar a desvantagens frente aos alunos da rede privada de ensino. Outros já contestam as cotas raciais dizendo que todos têm capacidade para aprender.

Veja a seguir um resumo do novo sistema de cota social e racial em universidades e institutos federais:

COMO É O SISTEMA DE COTAS PARA AS UNIVERSIDADES

Cada instituição de ensino (universidade e institutos federais) tem autonomia para estabelecer os critérios de seleção do sistema de cotas

Como fica no novo sistema de cotas para as universidades

A partir da nova lei, o projeto estabelece que as universidades e instituto federais reservem metade das vagas do processo seletivo/vestibular aos alunos de escolas publicas. Sendo que 50% destinadas aos candidatos vindos de famílias com até 1,5 salário por pessoa (R$ 933,00) e a outra parte direcionada aos alunos de escolas publicas em geral, ou seja, independentemente da renda da família.

A legislação define também que para concorrer às vagas em cursos superiores, o estudante deve ter estudado o ensino médio na rede pública de ensino, não sendo obrigado ter concluído o ensino médio na rede pública. Já para os cursos técnicos de nível médio é preciso ter cursado todo o ensino fundamental na rede pública de ensino.

Acesse: www.mec.gov.br.

Que Tal Receber Nossas Novidades?

Insira o seu e-mail válido e clique em “Eu Quero Receber”. Depois vá até o seu e-mail para CONFIRMAR O CADASTRO!

privacy Sou contra o envio de Spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>